domingo, 21 de dezembro de 2014








NÓS

Deite-se aqui...
Aqui perto de mim...
Se entregue, eu quero tudo...
Seu corpo, rígido e desnudo...
Se vire de costas...eu vou fazer em ti,
O que mais gostas...vou te lamber...
Imaginando uma penetração...
Mais funda...a tua boca bem louca,
O teu tesão...inebriado, safado...
Quero te dar prazer...
Quero morder, a tua bunda...
Eu no comando, te amando...
O teu desejo, eu imagino...
É o meu desejo...
E o nosso beijo... na minha gruta,
e no teu falo...
Como um menino...como um cavalo...
Meu homem santo...te amo tanto,
Que nem me lembro...só sei que quero,
Fim de dezembro, espero...
Teu doce membro!!!

Daqui pra frente...Dorothy

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

AINDA EU

AINDA EU...

Eu a mulher dele...
Me faço fruta...
Me faço puta...
Me abro em flor!
Eu a sua fonte...
Que mata a sede...
Que embala a rede...
Que exibe os montes!
Eu , a carta, o selo...
Que traz noticias...
Que faz caricias...
Que tem malicias...
Nos finos pelos!
Eu, a saudade louca....
Que quer a boca...
Sofreguidão...
Tesão...paixão...
Eu que espero...
Que ardo nele...
Que me derrubo...
E subo nas suas costas...
Eu, sua mulher...
Onde estiver...
Sua violação!...


Daqyu pra frente...Dorothy

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

UM BEIJO FRANCÊS



"La estava a minha boca se encostando na boca
dele como se fosse a ultima coisa que quisesse
fazer nesse encontro de bocas... Os lábios vermelhos
roçando seu queixo gozavam  antecipados o que
 estaria por vir... Por fim nosso beijo francês com
as nossas línguas se engolindo desaforadas... Essas
recordações me matam, como diz uma musica do
rei  Roberto... Depois eu conto mais, por ora:
Cala-te boca!"

Daqui pra frente;;; Dorothy

NO TELHADO


NO TELHADO


"Entre as coisas que você pode fazer pela sua felicidade
uma é não abrir mão de delicias sexuais... Ainda que pra
isso você tenha que recorrer à revistas pornográficas filmes
pornôs poemas eróticos e outros.  Mas nunca se esquecendo
de ser aquela mulher gostosa que seu homem tanto gosta!
Depois de seu banho delicioso perfumado e demorado... é a
vez da lingerie sensual e arrojada...Agora se apresente ao  seu
gato e juntos podem subir ao telhado, porque a noite promete!"

Daqui pra frente...Dorothy

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Fragmento de uma carta de Henry Miller para Anaïs Nin

Quando você voltar eu vou lhe dar um banquete literário de sexo, o que significa foder e conversar, conversar e foder. Anaïs, eu vou abrir as suas entranhas. Deus me perdoe se esta carta algum dia for aberta por engano. Não posso evitar. Eu a quero. Eu a amo. Você é comida e bebida pra mim, todo o mecanismo vital… Você é minha quer isso seja reconhecido ou não…

Adoro seus quadris, a palidez dourada, o declive de suas nádegas, o calor dentro de você, a sua umidade… Estou sentado aqui escrevendo-lhe com uma tremenda ereção, posso sentir sua boca macia fechando-se sobre mim, suas pernas apertando-me, desejo vê-la novamente aqui na cozinha, levantando o vestido e sentando-se em mim e a cadeira movendo-se pelo chão da cozinha, fazendo barulho.
(Fonte: debypg)

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Carlos Drummond de Andradeé


A puta

Quero conhecer a puta.
A puta da cidade. A única.
A fornecedora.
Na rua de Baixo
Onde é proibido passar.
Onde o ar é vidro ardendo
E labaredas torram a língua
De quem disser: Eu quero
A puta
Quero a puta quero a puta.
Ela arreganha dentes largos
De longe. Na mata do cabelo
Se abre toda, chupante
Boca de mina amanteigada
Quente. A puta quente.

É preciso crescer esta noite inteira sem parar
De crescer e querer
A puta que não sabe
O gosto do desejo do menino
O gosto menino
Que nem o menino
Sabe, e quer saber, querendo a puta.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014



QUE HORAS SÃO?

Talvez ele me odiasse com
aquela boca pintada... talvez
Quem sabe achasse pérfido
o meu olhar que nem era verde...

Queria saber das horas, respondi

aflita que era cedo ainda...
Pensava no coração moreno.
Queria me encostar sentir...

Podia ver suas pernas tremulando

dentro da calca caqui clarinha...
se me desse seu colo,  se me desse
Tudo era uma questão de tentar...

Olhava para ele com uma fome...

A ponta da língua se mexia ensaiando
um gesto  de estalido em cio...
Vi que era fácil mas hesitava...

De repente senti seus dedos

me apalpando os seios...
Caímos no tapete da sala e...
O calor daquela boca...Ai que frio!


Dorothy de Castro


segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

eu não sei mais...
Se nessa hora nosso sexo,
se mexesse e implorasse uma
pegada...Ah! deuses!
Voltamos à posição inicial, 
sentados costa com costa...
Calor da pele adivinhando o amor!

EXPERIÊNCIA

Sorrir de um lado só da boca,
Tremendo os lábios loucos pra
beijar...
Eu bem quieta a imaginar galopes...
Ouvindo bossa nova ao violão...
Ele me olhava extasiado e sério...
A voz morna ou quente, 

Daqui pra frente... Dorothy

domingo, 7 de dezembro de 2014




FÊMEA MALDITA


Bem morna e doce, bem maldita
E fêmea,  talvez loquaz,falo demais...
E sangro nas palavras  sensuais,
Pra ver se sentes, se mentes, se te excitas...

De joelhos, em meio a tuas pernas,
Mas sem te olhar nos olhos eu me ponho,
Não grito...Só gemendo, quase um sonho,
Te receber na boca e nas cavernas...

Vermelha a lingierie fica perdida,
No meio dos lençóis,meio de nós,
Um tango antigo abafa a nossa voz,
Eu mulherinha, busco em ti a vida!

Dorothy de Castro

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

AMOR BENDITO






Faça-se em mim o teu amor bendito
O mais bonito amor que conheci...
O tempo ingrato me afastou de ti...



Em minhas tentativas de revê-lo
Vinquei o rosto por rugas malditas
Perdi a cor bonita dos cabelos...

A voz mais embargada e pausada
E  minhas curvas quase nem se nota
Num sopro a poesia é declamada...

As rosas e as boninas já se abrem
A primavera meu amor declara
Voltou em mim a vida todos  sabem!

Dorothy de Castro

POEMA PROIBIDO

Eu posso sim
beber-te fascinada,
Tua saliva à me escorrer
na pele...
A tua  língua em sobe e desce
 desvairada...
Na minha flor
 tão úmida de amor...
Te molho em beijos
Mordendo a tua boca,
Louca de pedra
eu busco o teu olhar...
Que lambe e come
esses meus desejos...
Perdidos dias, meses
e anos,
Que vivi sem ti!...

Dorothy de Castro  


VERSOS DE NOITE

Já se fazia noite e ele me amava
Seus braços galhos verdes rijos, fortes
Mãos estiradas em minha direção...


Já se fazia noite e ele cantava
Doces boleros para que eu dormisse
Antes os beijos bons ele me dava...


Já se fazia noite e a própria noite
Vestia-se de mim amada ainda
Beijava os beijos dele em puro açoite...


Fêmea distante de rugosa fronte
Eu me pergunto se os cegados olhos
Me buscariam no lado de cá da ponte ?


Já se fazia noite...Já se fazia!


Dorothy de Castro 

ROSA SENSUAL



Repete o eco da tua voz amado
Querendo me beber a seiva doce
Teu grito chega a mim como se fosse
Inocular o beijo desejado...

Nas noites de nós dois o nosso cio
Ressoava pela casa silenciosa
Boca faminta pela minha rosa
Delicia de animal homem vadio!

Tão infiltrado agora estás em mim
Te  sinto amor a me roçar os seios
Cubro-te então em panos de cetim...

Morde-me a boca e entra no meu verso
E como um  deus transforma o universo
Nesse poema  escrito nos meus meios!


Dorothy de Castro...








FALO DE MIM






Desperto em ti , desejos
Sou tua musa, me usa em beijos
Me desfolha a flor...Sou teu amor!

Falo de mim,pois sim, sou tua lenda,
O teu conto de fadas ...Amor entenda
Embriagante, sou o teu licor!

Sou essa boca aberta que engole a tua
Sou essa lua esperta que fica nua
E invade a tua cama...Sou tua flor!

Dorothy de Castro.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014





"Quando a vagina te dá a receita:

Se você como tantas mulheres esperam

alcançar o orgasmo pela penetração, saiba
que esse drama é bobagem... Veja bem:
Sabe aquele botãozinho de nome clitóris?
Pois bem, Peça ao gato pra estimulá-lo
durante a transa, sem pressa de chegar lá...
Atrasem ao máximo a penetração, brinquem
muito e beijem-se com carinho e volúpia ao
mesmo tempo. Quando não aguentar mais,
peça para ser penetrada ... ou não, se preferir
goze com esses dedos maravilhosos... O
prazer é o mesmo desde que o corpo responda!

Daqui pra frente...Dorothy

terça-feira, 2 de dezembro de 2014



COBERTURA ANIMAL

"Sabes bem que tenho um conhecimento aprimorado
da tua alma e do teu sexo... Conheço o tamanho dos
teus dedos e a dureza do teu membro... O cheiro 
selvagem dos teus fluidos e às vezes até o gosto...
Cara! Eu te conheço e reconheço  no meio desta
manada selvagem de garanhões querendo cobrir suas
fêmeas... Teus olhos focando meu dorso querendo
pesar sobre mim, enchendo-me de amor!"

Daqui pra frente...Dorothy





AMOR EM PRETO E BRANCO

Teu corpo branco e nu no escuro
do quarto...
Tua boca vermelha à se confundir
com a tua outra boca rósea brigando
pelo meu êxtase...E as paredes com
seus ouvidos ávidos pelos nossos
gemidos...Os brincos balouçando, junto
ao teu pescoço numa fantasia africana...
E eu, teu ébano sugador desses segredos 
amando teu
cheiro de fêmea estremecida de gozo!

Daqui pra frente... Dorothy


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014


"Trouxe saudades comigo, algumas roupas sensuais
muita vontade de novo...Um par de pernas abertas,
uma voz de comando gemendo... Não para meu amor
não para...Deixa que cresça tua vontade, me invade
e se apaixone dentro de mim...Assim, assim... com
tua cabeça em carinhos e tua língua me amando!"

Daqui pra frente...Dorothy


COM PRAZER

Diga ao seu homem que faça carinhos (bem devagar) na sua região clitoriana...
Sem perder o ritmo,  vá usando os dedos médio e anular de uma mão, enquanto 
a outra toca o bumbum e o anus (mas sem penetrar). Peça que faça isso bem 
depressa e suave ao mesmo tempo... - Uauuuuu! Vai ser tanto prazer que a sua
"menina" vai bater palminhas e cantar o hino do amor!

Daqui pra frente... Dorothy
PREPARAÇÃO ORGÁSTICA

"Que bom seria se toda mulher gozasse em todas as suas transas...Infelizmente bem poucas conseguem essa façanha. Porque essa impossibilidade? Seria falta de informação?
As privilegiadas eu garanto são as que descobriram o preparo, aliás vários preparos muito excitantes... Vamos saber o que é preciso para usufruir dessa delícia tanto quanto essas poucas mulheres... Afinal todas merecemos esses orgasmos maravilhosos!

Daqui pra frente...Dorothy

domingo, 30 de novembro de 2014

Amigos amados desse blogger!

Começo daqui pra frente minhas postagens onde o intuito,
é interagir com vocês sobre o assunto mais delicioso de que
se têm noticia: Sexo!
Aqui vou  dissertar sobre vários temas dentro do contexto. Falarei
sobre tudo que sei do assunto, farei brincadeiras sobre o mesmo e
procurarei ser objetiva e simples para que possamos juntos esclarecer
nossas dúvidas e viajar nesse universo que atrai tanto homens quanto
mulheres de todas as etnias... Amor, Sexo... Prazer...E vida!

AÍ VAMOS NÓS... SEM CRISE!




OS FIOS DOS CIOS


Eu ardo nessa voz
que a tua boca traz
pra mim de longe
Como reza de um
monge pecador...
Eu vibro no toque 
dos teus dedos
imaginados cansados
de me tocar e se tocar...
Eu solto doces gemidos
sentidos e falados...
Eu choro numa emoção
De gozo e de tesão...
Eu vibro ao te lamber
o queixo a boca o sexo...
Eu te seduzo numa
inocência sem coerência
Tão mergulhada em ti
na sensualidade...
Que me transmites nesta
voz rouca...
Eu tenho o abril que 
você quer...
Me toca...sente...eu
tão mulher!...

Dorothy de Castro 

LUXÚRIA



LUXÚRIA



Quero encher-te a boca com desejos
De afoitos beijos,de carícias loucas
Quero te dar o tato dos meus dedos
Sem medo de exaurir o nosso amor....

Quero colar meu ventre no teu ventre
E que me entre essa porção de vida
Na emoção sentida em minha flor
E a nossa dor em gozo se concentre...

Eu sem recato louca rapariga
Possa travar a briga com luxúria
Na  fúria enlouquecida dos meus beijos
Quero encher-te a boca com desejos!

Dorothy de Castro

DIÁLOGO UM TANTO QUANTO...


-O teu poema é uma aberração
-Não sei porque, faço de coração
--Mas gostas muito de falar de sexo
-Isso é normal, e sabes que tem nexo
-Porque não falas de uma coisa e tal?
-Que tal é essa coisa, como assim?
-Ah, sei lá de amor esclarecido
-Amor bandido você quer dizer?
-Não...amor ternura de gente madura...
-Mas é o amor que escrevo, leia...
-E por acaso tens esse amor na veia?
-Claro que sim, tenho esse amor em mim,
Meu corpo é chama inteiro de prazer
por isso escrevo, sempre, até morrer!!!

Dorothy de Castro 
-

POEMA ERÓTICO, NUM DIA EM QUE A SENSUALIDADE ANDA À SOLTA!

N Ó S

Deite-se aqui...
Aqui perto de mim...
Se entregue, eu quero tudo...
Seu corpo, rígido e desnudo...
Se vire de costas...eu vou fazer em ti,
O que mais gostas...vou te lamber...
Imaginando uma penetração...
Mais funda...a tua boca bem louca,
O teu tesão...inebriado, safado...
Quero te dar prazer...
Quero morder, a tua bunda...
Eu no comando, te amando...
O teu desejo, eu imagino...
É o meu desejo...
E o nosso beijo... na minha gruta,
e no teu falo...
Como um menino...como um cavalo...
Meu homem santo...te amo tanto,
Que nem me lembro...só sei que quero,
Fim de dezembro, espero...
Teu doce membro!!!
Dorothy de Castro



"... Talvez eu seja um pouco louca sim... Talvez em mim haja plantado Deus,
a margarida ou outra flor qualquer... Para que eu possa ser despetalada, em minhas
curvas pelos dedos teus...Teu bem me quer, ou mal me quer... Mulher!" 


Dorothy de Castro


FECHANDOOOOOOO!

Ser adolescente não é  nada fácil não é mesmo? são tantas as cobranças que à vezes você se sente injustiçada diante delas. E pensa:-será que sou tão errada?  será que é só comigo que acontece? será que é
tudo pecado? será ? será ?...
Pois é; na verdade é nessa idade que você começa a sentir o peso da responsabilidade. E que fazer, que atitude tomar diante dos apelos(que são tantos) que passsam à fazer parte do seu dia à dia. O mundo globa
lizado, informatizado, moderno e democrático se apresenta à você como um sonho sem impossíbilidades e
nele tudo pode, tudo é lindo, tudo é permitido...
De repente você acorda em uma outra realidade e vê que não é bem assim. Vê que a sua dimensão tem limites e que é preciso ponderar para não morrer na praia!
Você nessa altura do campeonato, me diria:- Que loucura! o espelho me mostra uma mulher bonita, completinha, seios formados, bumbum perfeito, curvas se insinuando, enfim uma jovem liberada para a vida
para o amor, e porque não? para o sexo!
Mas é ai que o bicho pega. É gatinha, fisicamente você está preparada, anatômicamente sem defeitos mas...
e a cabecinha? Pare e pense um pouquinho; para se fazer um bolo além de uma forma é preciso  se ter todos os ingredientes... Quadradismos à parte vale um conselho, porque nem tudo que é vendido é bom:
Abra os olhos menina! mas por favor por enquanto... feche as pernas !!!

Daqui pra frente...Dorothy

FAÇO DOS MEUS SEUS DEDOS, NUMA FANTASIA ALUCINANTE




Masturbação feminina já foi tabu.Houve um tempo em que a mulher era proibida de sentir prazer. Não ousava nem mesmo se olhar no espelho. Se tocar então, nem pensar. Possuida pelo marido no casamento, ficava quieta e no escuro do quarto muitas vezes chorava...Chorava de dor, de vergonha, de raiva, de impotência, chorava de tudo menos de prazer. Mas lá se vão muitos janeiros dessse tempo absurdo. Hoje, a mulher é liberada sexualmente. \Pode transar com quem quizer, com quem gostar. Manifesta seu orgasmo das mais diversas formas . Algumas riem,choram, falam palavrões, gritam enfim fazem tudo. O importante é gozar! Bem, com um companheiro é fácil, mas e sózinha? Depende de você... do que você quer... A masturbação de repente
pode ser tão prazeroza quanto uma transa. Basta que a mulher se solte por inteiro, que ela percorra com as mãos seu corpo todo. Que use a imaginação, que saiba fantasiar o momento. Que aprenda a descobrir todos os segredos do seu corpo e suas reentrâncias.  Depois é só começar. Se tocando com delicadeza nos seiois, na barriga,nos meios das coxas... E por fim chegando ao clitóris, o ponto alto da excitação feminina. Nessa região as caricias devem começar lentamente e nesse delirio, ela imagina a presença de seu homem (apesar de não ser nescessário ser seu esse homem). Pode ser o marido da amiga, um ator de cinema ou tv, ou até mesmo o padre
lá da igreja,já pensou? Quem sabe aquele guarda  de trânsito gostosão, que te aplicou uma bela multa, por que não? Talvez até o lutador de boxe, com aquele físico todo. Ah! sei lá... vale tudo, vale qualquer coisa. O importante é o seu prazer, o seu orgasmo. E não se pode esquecer aqueles brinquedinhos maravilhosos, chamados vibradores, que substituem tão bem o penis verdadeiro! E não se envergonhem de dizer: eu me masturbo,
porque eu me amo e sou mulher !!!

Daqui pra frente........Dorothy