domingo, 30 de novembro de 2014

POEMA ERÓTICO, NUM DIA EM QUE A SENSUALIDADE ANDA À SOLTA!

N Ó S

Deite-se aqui...
Aqui perto de mim...
Se entregue, eu quero tudo...
Seu corpo, rígido e desnudo...
Se vire de costas...eu vou fazer em ti,
O que mais gostas...vou te lamber...
Imaginando uma penetração...
Mais funda...a tua boca bem louca,
O teu tesão...inebriado, safado...
Quero te dar prazer...
Quero morder, a tua bunda...
Eu no comando, te amando...
O teu desejo, eu imagino...
É o meu desejo...
E o nosso beijo... na minha gruta,
e no teu falo...
Como um menino...como um cavalo...
Meu homem santo...te amo tanto,
Que nem me lembro...só sei que quero,
Fim de dezembro, espero...
Teu doce membro!!!
Dorothy de Castro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que não tenha sido um tempo perdido em sua leitura. Agradeço o carinho do comentário... Dorothy.